Em setembro de 2015, os 193 países membros das Nações Unidas adotaram uma nova política global: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que tem como objetivo elevar o desenvolvimento do mundo e melhorar a qualidade de vida de todas as pessoas. O lema é não deixar ninguém para trás.

Para isso, foram elencados 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) com 169 metas – a serem alcançadas por meio de uma ação conjunta que agrega diferentes níveis de governo, organizações, empresas e a sociedade como um todo nos âmbitos internacional, nacional e também local.

Essa agenda está pautada em cinco áreas de importância, os chamados 5 Ps:

Cada um dos 17 ODS representa um desafio a ser alcançado para a promoção de um desenvolvimento mais sustentável, justo e inclusivo. Apesar de ser uma agenda global, tratam de temas que são cruciais para os municípios, constituindo uma ferramenta que já começou a ser implementada por governos municipais, estaduais e nacionais, organizações diversas, universidades, empresas, bancos, entre outros.

Conheça todos os ODS clicando aqui.

A proposta dos ODS não é “reinventar a roda”. É utilizá-los para facilitar o desenvolvimento de ações integradas, com uma visão de futuro positiva e comum a diferentes grupos, que gere impactos reais na construção do desenvolvimento sustentável.

Os municípios têm um papel central para o sucesso dessa agenda, pois, para que os ODS sejam disseminados e alcançados, é preciso que os gestores municipais incluam tais objetivos em suas políticas e projetos, promovam a integração e a sustentabilidade das iniciativas, atuem a partir de acordos e articulação com outros agentes territoriais. A sociedade civil e o setor privado também são atores-chave, devendo estar envolvidos nesse processo.

Os ODSs do Instituto Purunã

Aqui no Instituto Purunã, buscamos pautar nossas ações em sintonia com os objetivos estabelecidos pelos ODS. Como atuamos em prol do desenvolvimento de São Luiz do Purunã a partir de ações voltadas ao turismo sustentável, educação, trabalho e crescimento econômico, são nortes que determinam as abordagens e iniciativas que integram nosso dia a dia.

Agora, vamos contar um pouquinho mais sobre cada um dos ODS que são determinantes para a nossa atuação. Confira e engaje-se nas ações junto com a gente!

Objetivo 4: educação de qualidade


Assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos

Este objetivo tem seu foco na educação inclusiva e equitativa para toda a população. Isso refere-se à oferta da educação infantil, em creches e pré-escolas, e do ensino fundamental gratuito e de qualidade para todos os meninos e meninas. Bem como aumentar substancialmente o número de jovens e adultos que tenham habilidades relevantes, inclusive competências técnicas e profissionais, para emprego, trabalho decente e empreendedorismo.

No Instituto Purunã, trabalhamos com esse objetivo porque acreditamos que existe a necessidade de alcançarmos uma educação inclusiva e de qualidade para todos, reafirmando a crença de que a educação é uma das ferramentas mais poderosos para o desenvolvimento sustentável.

Por isso, trabalhamos com o objetivo de garantir que todas as crianças e adolescentes de São Luiz do Purunã possam completar a educação primária e secundária gratuita e tornem-se protagonistas de suas próprias histórias.

Objetivo 8: emprego digno e crescimento econômico


Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos

O objetivo aqui trata do crescimento econômico, do trabalho e do emprego. Diz respeito à produção e ao consumo sustentável e traz a preocupação sobre o trabalho decente, o desemprego entre jovens. Além disso, propõe incentivo ao turismo sustentável, que gera empregos e promove a cultura, e o respeito aos direitos trabalhistas, inclusive de migrantes.

E essas premissas tem tudo a ver com as motivações que baseiam as ações do Instituto Purunã. Nós queremos oferecer à população de São Luiz do Purunã meios e alternativas para fortalecerem sua atuação local e estimular o desenvolvimento do turismo sustentável para que, cada vez mais, possamos promover o crescimento da região, por meio da geração de empregos e incentivo às práticas de turismo locais.

Objetivo 10: redução das desigualdades


Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles

Trata das questões relacionadas às desigualdades, com objetivo de reduzir a distância que separa os mais ricos dos mais pobres. As desigualdades ocorrem por diversos ângulos: diferença de renda, patrimônio e moradias; acesso a serviços básicos como saúde e educação; acesso à infraestrutura, justiça, oportunidades de trabalho, esporte e lazer e oportunidades de participar nas decisões que afetam a todos. Também se manifesta por meio da discriminação em suas diferentes formas. Um dado de fácil observação e que comprova essa desigualdade gritante é o da proporção de assentos de parlamentares ocupados por cada gênero, em nosso país, em todas as esferas, o que está conectado ao tema do ODS 5.

Em São Luiz do Purunã, o Instituto Purunã trabalha em benefício e apoio dos empreendedores locais, estimulando-os a cada vez mais buscar formas e recursos que fortaleçam seus negócios. Atuamos apoiando o processo para regularização dos procedimentos locais e de artesãos, para a promoção de renda à comunidade.

Objetivo 11: cidades e comunidades sustentáveis


Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resistentes e sustentáveis

A qualidade de vida dos habitantes de um município pode ser influenciada pela qualidade do planejamento municipal. Esse objetivo trata não apenas do desenvolvimento urbano, como também dos demais assentamentos em áreas rurais.

O Brasil possui uma das legislações urbanísticas mais avançadas da América Latina, que reconhece o direito à cidade e à moradia em sua Constituição Federal, de acordo com o Estatuto da Cidade. Ele instituiu uma série de ferramentas para que as municipalidades integrem os referidos instrumentos em suas estratégias de planejamento e gestão urbana. Além disso, a lei disseminou a necessidade de elaboração de planos diretores com participação inclusiva da comunidade no processo de planejamento e gestão da cidade e instituição dos conselhos locais da cidade.

Dentre as funções sociais da cidade, está prever o fornecimento às pessoas de moradia digna, trabalho, serviços de saúde, educação, cultura, lazer, transporte etc. Os espaços da cidade devem ser divididos entre os setores privado e o setor público, de modo a equilibrar os interesses, impedindo que a especulação imobiliária expulse os grupos mais vulneráveis, distanciando-os de seus trabalhos e dos serviços básicos necessários (saúde, educação, segurança, assistência, etc).

Por acreditarmos e estarmos alinhados com essas ideias, atuamos junto à Gestão Pública para pensar e executar estratégias que valorizem a população e seus direitos, como forma de gerar mais oportunidades e qualidade de vidas para a comunidade de Balsa Nova e São Luiz do Purunã.

Objetivo 15: vida sobre a terra


Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade

Esse ODS trata da preservação dos ecossistemas terrestres, das florestas e da biodiversidade que já existem e da reversão dos danos já causados. Deter o desmatamento é importante para evitar processos de desertificação.

O Brasil abriga aproximadamente 20% da biodiversidade mundial. Esse capital natural e os serviços ecossistêmicos a ele vinculados, como o abastecimento de água, a polinização de culturas ou a proteção contra eventos climáticos extremos, são de grande importância, não só para a sociedade e economia brasileiras, como também para o equilíbrio ecológico e para o bem-estar das sociedades no nível global.

Em São Luiz do Purunã atuamos para a conservação e valorização, principalmente, da Floresta com Araucárias. Desde 1890 a extração das Araucárias e a devastação da Floresta Ombrófila Mista no Paraná vem se intensificando, e como resultado, nos dias de hoje, resta apenas 1% da porção original desse ecossistema. Por isso, hoje em dia, buscamos pautar nossa atuação sempre com respeito e sintonia às necessidades da natureza local.

Quer saber mais sobre a Floresta com Araucárias? Acesse o artigo que produzimos sobre o tema: As belezas e riquezas da Floresta com Araucária.

Objetivo 17: parcerias e meios de implementação


Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável

O ODS 17 trata dos mecanismos necessários para implementar a Agenda 2030: recursos financeiros, recursos humanos, recursos tecnológicos e de informação. Nesse caso, os instrumentos de gestão são os principais exemplos.

É preciso ter os meios para implementar as ações e fortalecer as parcerias em nível local. As estruturas de governo (quais secretarias implementar, quais coordenações com quais papéis e funções e como se relacionam) são outro mecanismo importante para fortalecer a implementação de todas as políticas públicas. Também é importante estabelecer mecanismos de liderança e de comunicação entre os níveis hierárquicos e entre as áreas temáticas.

No Instituto Purunã, articulamos atores que atuam em Balsa Nova como organizações e movimentos da sociedade civil, comunidade e poder público, na busca pelo desenvolvimento local e sustentável.

Desenvolvimento sustentável de São Luiz do Purunã

Além dos ODS já listadas, pontualmente o Instituto Purunã também abraça outros objetivos que vão além deles. Como, por exemplo, o Objetivo 9 (Indústria, inovação e infraestrutura), por conta do Projeto Rotas do Purunã.

Entendemos que a busca pelo desenvolvimento sustentável é um campo de infinitas possibilidades e para tornar nosso trabalho em parceria com a comunidade de São Luiz do Purunã ainda mais eficaz, estamos sempre dispostos a trabalhar ideias e possibilidades que nos levem para mais perto de conquistar nossos objetivos.